Tá no filó

E já nos encaminhávamos para 30 minutos de PELEJA. As EQUIPAS que haviam sido formadas no início do prélio estavam completamente desfeitas pelas idas e vindas da GRADE e também pelo cansaço dos jogadores. Sentíamos como se jogássemos na altitude de LA PAZ, tão rarefeito era o ar naqueles pulmões desacostumados ao trabalho INTENSO. Mas é na hora das dificuldades que surgem os HERÓIS, com sangue, suor e falta de ar, ainda que com uma BARRIGA DE CHOPE como contrapeso.

A pelota era tocada DE PÉ EM PÉ pelo escrete de colete azul celeste. Até que o selecionado de LARANJA começou a apertar a marcação. E tome botinada, escorão, canelada, “vem cá, meu nêgo”… Digno de um duelo entre argentinos e uruguaios pela LIBERTADORES. No meio de tantas PATEADAS, uma bolinha PRENSADA sobrou nos pés de Tylon, o núbio. Dele, saiu um passe em direção ao FLANCO esquerdo da arena para Pedrox, o VENTUROSO. Ele se livro da marcação e deu aquela cruzada MAROTA em direção à área.

E lá estava eu. Eu e o goleiro Raphael, o SÓBRIO. Cara a cara. Face to face. Tête à tête. E lá veio a redonda, rolando marotamente num ritmo semelhante ao CRÉU velocidade 1, pedindo “me domine, me POSSUA”. Obedeci-a. No entanto, com algumas restrições de talento. O domínio foi desajeitado. A posse teve a MALEMOLÊNCIA de um malabarista iniciante. O chute, mais ESPIRRADO que o vírus da influenza A.

Só que o GUARDA-METAS era fraco. Deixou a pelota passar. Fraquinha, fraquinha, ela foi indo em direção ao ARCO. Deu tempo de levantar a vista e acompanhar tensamente a trajetória irregular. A ESFÉRICA ainda raspou a trave esquerda antes de estufar GOSTOSO o fundo do barbante. A comemoração foi efusiva. Na incapacidade de fazer PIRUETAS no ar, dei três CARAMBELAS no chão da arena. Quase quebro o pescoço.

E assim foi o meu primeiro gol…

Anúncios

5 pensamentos sobre “Tá no filó

  1. Gol, gol, gol, a galera grita gol. Gol, gol, gol, a galera grita gol… Balaaaaaança, Sacoooooooode, estremeeeeeeeeeeçe o estádio municipal Lucas Celebridade, o FAMAPOPÃO. Quem foi que fez o gol, heim? Leonardo Aquino, o craque da camisa número 11. Cara bacana, heim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s