Capitais sul-americanas como atrizes famosas

Santiago do Chile – Alinne Moraes

 santiagoalinne_moraes

Já não é mais uma menina, uma ninfeta, mas está em sua fase mais esplendorosa. Santiago é uma cidade limpíssima, onde o transporte público funciona que é uma beleza e você se sente seguro em qualquer lugar. Apesar disso, não está entre os destinos turísticos mais procurados do mundo. É que nem a Alinne Moraes, que já não é exatamente um rosto novo na TV brasileira, tem uma beleza colossal, mas ainda não deixou o estigma de “a gostosa da hora”. Tem talento para chegar definitivamente à tribuna de honra. Posar nua seria um bom caminho.

 

Buenos Aires – Christiane Torloni

 bs aschristiane-torloni

Seu avô já foi, seu pai já foi, seu tio já foi, seu irmão já foi… Quase todo mundo já viajou a Buenos Aires. E com certeza ficou encantado com o charme e aquele ar de cidade que cresceu sem perder os ares do passado. Não muito diferente da Christiane Torloni. Várias gerações babam para a atriz cinquentona. E ela de fato é uma senhora cujo layout merece respeito. No entanto, não deixa de ser uma senhora, já sem o vigor da juventude. Assim como Buenos Aires, que tem metrôs e ônibus velhos demais e clichês como o tango, as empanadas e o Caminito. O legal é que mesmo com esses poréns, tanto Torloni quanto Bs As podem lhe proporcionar um fim de semana prazeroso.

 

Montevidéu – Miriam Pires

 montevidéumiriampires

Montevidéu é uma cidade tristonha, que parece ter parado de se desenvolver nos anos 60. Também pudera. O Uruguai é um país pobre, que não produz praticamente nada além de carne e importa quase tudo do Brasil ou da Argentina. Não à toa, os montevideanos quase sempre estão se lamuriando. Miriam Pires (que Deus a tenha) possuía um perfil parecido. Teve quase 50 anos de carreira, brilhou na juventude, mas em seus últimos anos de vida só interpretou velhas reclamonas.

 

Assunção – Nair Bello

 assunçãonair bello

Assunção é a capital mais antiga da América do Sul, com quase 500 anos de fundação. E é uma cidade em que se pode ver claramente a pobreza do Paraguai: ruas mal cuidadas, lixo, pobreza, subemprego, ônibus velhos… Como compensação, tem um povo simpático e espirituoso e ótimos preços para quem quer comprar de tudo. Bem parecida com Nair Bello (também in memorian), que era engraçada, te fazia rir, mas você nunca pensaria em pegá-la.

 

Brasília – Luiza Brunet

 brasílialuiza brunet

Cidade planejada, praticamente esculpida pelas linhas de Niemeyer, patrimônio cultural da humanidade. Brasília foi vanguarda durante muitas décadas. Hoje, tem gente que considera sua arquitetura um tanto quanto démodé. Luiza Brunet é a sua equivalente entre as mulheres. Nos anos 80 foi uma unanimidade, um sonho de consumo masculino. Aos poucos, perdeu espaço para outras musas. Hoje permanece inteira, mas é vista como um ícone datado.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Capitais sul-americanas como atrizes famosas

  1. Caracas, então, poderia ser a Helena Bohan Carter. Se antes do fator Hugo Chávez (no caso da atriz os filmes do Tim Burton), não era propriamente uma cidade arrebatadora, mas tinha lá seu charme. Agora, de tão maltratada, bem que poderia mudar seu nome para Carecas.

  2. Montevidéu não tem nada disso aí. É uma cidade do caralho, mas a brasileirada prefere Buenos Aires. E se for pra comparar com uma mulher está mais para uma Sophia Loren, que já foi um sonho de consumo e hoje é apenas uma senhora elegante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s